COLUNA DA NATÁLIA

MEU PAI VIROU PAGODEIRO? SIM! E DAÍ?25/02/19

Fã da Bossa Nova, ele agora sabe de cor as letras de Alexandre Pires

"Apesar dos apelos incessantes de minha mãe - uma mulher vibrante e gregária -, meu pai nunca se rendeu a longas noites de festa, cantoria, grupos de amigos e bebidas em excesso. 

Eu e ele

Era o sóbrio ajuizado que buscava a turma ao fim da noite, em sua Brasília creme, e preferia uma reunião íntima (no caso só ele mesmo) com Tom, Vinícius e o toca-discos, a qualquer tipo de indiscrição. 

Nos últimos tempos, no entanto, tenho ouvido comentários quase surreais sobre sua performance nas aulas de música, quando não se faz de rogado e põe a voz pra jogo pra acompanhar qualquer artista que a falta de critério do YouTube sugira. 

Sua nova peripécia? A obra completa de Alexandre Pires, leia-se ”Só pra Contrariar”, artista que não se alinha à bossa de Nara, uma de suas musas vocais. 

Meu pai mudou muito ou nós nunca o conhecemos? Como ele sabe a letra completa de “Estou fazendo amor com outra pessoa...?”. Quer saber? O que importa a essa altura é que ele faça qualquer coisa que traga um esboço de sorriso, uma luzinha no olhar e faça soar a voz que está trancada numa garganta acostumada a se calar. 

Pois que venha o Alexandre

FOTOS: LEANDRO DORNELLAS 

NATALIA DORNELLAS (@MAEDOPAI_)

No perfil @maedopai_, no Instagram, compartilho as dores e delícias de cuidar do meu, diagnosticado há alguns meses como portador de "degeneração cortico-basel", um mal parkinsoniano de rápida evolução. Os textos de lá agora terão espaço por aqui também. 



COMPARTILHE A MATÉRIA


COMENTÁRIOS




MENSAGEM




FACEBOOK