ND AMA

AZEITE: HÁ 3 MIL ANOS NA SUA MESA #WOW26/05/18

AZEITÓLOGA, ANA BELOTO VEM AZEITAR O ND COM MUITO BOROGODÓ

Falar de e sobre azeites não é uma tarefa fácil! Esse alimento - do qual sou entusiasta, e que estudo e pesquiso há 15 anos - carrega consigo uma história cheia de sabores e simbolismos. Na antiguidade um ramo da oliveira era utilizado como símbolo da paz, o azeite era usado como moeda de troca pelos romanos, como medicamento para os gregos, e significava o óleo sagrado de unção em rituais religiosos tanto que foi eternizado pela mitologia grega como símbolo de fartura e prosperidade e muito antes de ser um ingrediente culinário, era combustível, para acender lamparinas que iluminavam os templos no Egito.

O fascínio por esse ingrediente inspirou a “Oda al Aceite”, escrito por Pablo Neruda, e pintores impressionistas, como Renoir, Matisse, CezánneDerain, que reproduziam oliveiras em suas obras. Van Gogh, por sua vez, pintou 19 telas com referência às árvores milenares.

Embora utilizado há mais de 12 mil anos, teve a sua primeira produção para fins culinários há cerca de 3 mil (anos), na Fenício, na Palestina e no Egito. Sua produção se expandiu pela Espanha, Itália, Grécia, França e regiões do leste asiático, se tornando um ingrediente importante de base alimentar desses países e símbolo da culinária mediterrânea.

AZEITE TEM HISTÓRIA DE 12 MIL ANOS

                                            

A Espanha é o maior produtor e exportador mundial de azetes de oliva e nos últimos anos, a oliveira expandiu-se com vigor em países como Argentina, Chile, Peru, Uruguai, África do Sul, Austrália, Califórnia e até no Japão. No Brasil, comemoramos em 2018 uma década da primeira extração do azeite nacional, em Maria da Fé, Minas Gerais!

Muitos serão os assuntos que trataremos nessa coluna - que estreia hoje! -, pois mitos e verdades, e muitas dúvidas e curiosidades permeiam o apaixonante universo dos azeites de oliva!

Vamos azeitar muito!

#azeite-se

ANA BELOTO (COLAB ESPECIAL)

FOTOS DIVULGAÇÃO 

 

 




COMPARTILHE A MATÉRIA


COMENTÁRIOS




MENSAGEM




FACEBOOK