COLUNA DA NATÁLIA

O PARAÍSO FICA EM 'LOMBRA GRANDE'! #TIP18/07/18

UMA ÁREA PRESERVADA DA MATA ATLÃNTICA QUE PODE SER SUA (POR UNS DIAS)!

Demorei algumas (muitas!!!) semanas tentando definir em poucas palavras o que é exatamente a Estância Lomba Grande, ‘'aquele lugar maravilhoso'’ que publiquei no Instagram no começo de junho.

Embora tenha todos os encantos de uma pousada de charme, a Lomba Grande é uma propriedade particular que - sorte a nossa! - está disponível para aluguel para pequenas temporadas (fins de semana, feriados) ou para pequenos eventos (casamentos, almoços) no Airbnb.

Literalmente um paraíso!

                   

Encravada no meio das lombadas da região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, a propriedade é uma APP (Área de Preservação Permanente), ou seja, é protegida com a função ambiental de preservar seus recursos naturais. “Sustentatbilidade é bem mais que água limpa e lixo reciclado. A história da Lomba tem a ver com a história da preservação ambiental. Minha intenção quando comprei aquelas terras era a recuperação de uma área de preservação que estivesse perto da cidade. A ideia é incentivar outras empresas a fazer o mesmo”, explica a proprietária Claudia Narciso.

São 350 mil m2 de Mata Atlântica virgem, com nascente, riacho e uma exuberante cachoeira todinha pra nós, com lago e prainha, que encantaram a família Bündchen Brady (era segredo, mas eles se hospedaram por lá, poucos dias antes de mim, para uma matéria da Vogue Brasil, e, claro, postaram em suas redes). 

Muito charme para um bangalô só

   

Fiquei na privilegiada "casa da árvore" (uma caixa de vidro e madeira que tem vista 360° para a propriedade), mas o lugar tem, ainda, outros dois bangalôs de madeira (com lareira, frigobar, ar condicionado, TV a cabo, varanda, lounge e tudo o que a gente quer da vida) e o bangalô central, onde fica a deliciosa cozinha de Dona Ielda e Ivo, um simpático casal que vive na propriedade ao lado. É em torno do fogão à lenha que o staff muitíssimo bem treinado por Claudia prepara todas as refeições do dia, incluindo o churrasco típico gaúcho (este feito ao ar livre, como deve ser).  

Uma "cachu" pra chamar de sua!

   

Para quem curte antiguidades e adornos, o lugar é cheio de pequenas surpresas (que não estão à venda!),  como as tapeçarias, as louças e o sofá Chesterfield, que abriga a turma que não é adepta a explorar a natureza que grita por nós do lado de fora, os preguiçosos como eu.  

A mesa de Dona Ielda

                         

É tudo tão gostoso que, se alguém te oferecer um passeio pela região - Gramado e Canela estão lá pertinho! -, diga "não, obrigada" e se ajeite nas cadeiras que ficam no jardim central sempre adornadas com mantas coloridas de lã. Eu voltaria (ou melhor, voltarei!) várias vezes!

Serviço:

Estância Lomba Grande

Instagram: @estancialomba

NATALIA DORNELLAS

FOTOS LOMBA/DIVULGAÇÃO



COMPARTILHE A MATÉRIA


COMENTÁRIOS




MENSAGEM




FACEBOOK