ND AMA

CASAL DA TRIBO WAUJA DÁ AULA DE CERÂMICA19/06/18

PELA PRIMEIRA VEZ FORA DE SUA TRIBO, ATAPUWALY E TAMUWA DÃO CURSO

Falantes da língua maipure da família Arawak, o povo Wauja vive na reserva indígena do Xingu, no estado do Mato Grosso, e tem na cerâmica um de fazeres mais preciosos. Pois o casal ceramista Atapuwalu e Tamuwava é o convidado da Cerâmica Saracura Três Potes (leia-se Jessica Martins e José Alberto) para uma oficina marcada para o mês de julho. 

Aprendendo com quem sabe

 

     

Atapuwalu, que não fala português, é quem modela o barro, enquanto que o marido Tamuwa pinta as cerâmicas e é falante da língua dominante no Brasil. Pela primeira vez o casal sai de sua aldeia para compartilhar este conhecimento milenar na oficina que vai durar quatro dias no ateliê Saracura Três Potes, que fica no povoado de Carneiros, em Brumadinho.

Fazendo cerâmica com que sabe

      

Diz a lenda que a grande cobra Canoa Hamalu Hai defecou argila às margnes do rio Batovi, oferecendo aos índios a visão primordial dos artefatos cerâmicos. Desde então, há mais de mil anos, os Waujas se tornaram virtuosos ceramistas. Formas zoomórficas, linhas e desenhos geométricos são características que fazem as cerâmicas se destacarem na história dos povos brasileiros.

 

Veja a programação:

Quando: dias 21, 22, 28 e 29 de julho, de 9h às 17h

Dia 21 (sábado)

- Bate papo com Atapuwalu e Tamuwa Waurá

- Coleta de argila na região

- Modelagem com Atapuwalu Waurá

 

Dia 22, domingo

- Modelagem com Atapuwalu waurá

- Preparação da queima com Atapuwalu e Tamuwa

Dia 28, sábado

- Queima de cerâmica com Atapuwalu e Tamuwa

- Pintura corporal com Tamuwa

Dia 29, domingo

- Pintura das cerâmicas com Tamuwa

Haverá outras atividades que serão anunciadas nos dias da oficina.

Serviço:

Onde: Brumadinho, MG, 35460-000

Quanto: R$ 600

Contato: ceramicastrespotes@gmail.com ou pelo telefone (31) 99995-5491

 

#cerâmica

 

JR MENDES (DA REDAÇÃO)

FOTOS DIVULGAÇÃO




COMPARTILHE A MATÉRIA


COMENTÁRIOS




MENSAGEM




FACEBOOK