ND HOTEL

POR TRÁS DOS ESTANDES DO SALÃO DO #MW11/10/17

Arquiteto e cenógrafo, Alex cuida da arquitetura efêmera das marcas

A construção de um estande para feiras de moda não é coisa fácil. Ao mesmo tempo que são concepções arquitetônicas completas e complexas (verdadeiros showrooms) apresentam, também, a natureza efêmera da cenografia. Ou seja: têm que ser lindos e atrativos, mas não podem custar muito, já que vão durar pouco tempo.

O caso do Minas Trend é bastante especial, uma vez que o evento mineiro acabou se consolidando como uma feira onde os estandes especiais são cada vez mais valorizados. Aqui na redação mesmo sempre chegam imagens e croquis dos espaços das marcas parceiras antes da temporada começar: todo mundo quer mostrar que estará pronto e lindo para receber imprensa e compradores. As grifes reconhecem a importância de se distinguirem no ambiente do Salão de Negócios e de se apresentarem em um espaço "personalizado" que fale, de um modo particular, de seu DNA e que seja coerente com a coleção que está sendo lançada.

 

.

Alexandre Rousset já assinou um lounge do site (anterior aqui) e é um dos profissionais mais requisitados na hora de se contruírem esses showrooms efêmeros. “Destas 21 edições do Minas Trend, desde a segunda estou envolvido com o desenvolvimento de projetos para estandes especais. Costumo dizer, com orgulho, que o Minas Trend me permitiu conquistar, dentre as minhas experiências de trabalho, uma habilidade e uma maturidade na construção destes espaços”, contou ele ao site em meio ao vai e vem dos corredores. 

O Ready to Go já virou um clássico de Alex 

E, como hoje é dia de balanço da temporada por aqui, fizemos uma galeria com um pouco dos trabalhos dele. Veja abaixo. 

DA REDAÇÃO

FOTOS PETRONIO AMARAL E ANNA LARA



GALERIA


COMPARTILHE A MATÉRIA


COMENTÁRIOS




MENSAGEM




FACEBOOK